Circular Pocket

Coletânea em vídeo fortalece a música autoral maringaense

02/02/2017 | Texto: Daniela Giannini | Foto: Divulgação

Compartilhe

Encontrar meios de produzir e divulgar o próprio material é um dos (muitos) desafios que as bandas independentes encontram no caminho. Foi com o intuito de colaborar com esse processo e fortalecer a cena independente de Maringá que Natan Duarte, do Refúgio8, idealizou o DVD Maringarock.com - um registro audiovisual que reúne live sessions de 29 bandas autorais maringaenses.



Quando decidiu que iria trabalhar com produção audiovisual, Natan já esperava que a pouca visibilidade do som autoral local iria refletir na demanda do seu trabalho. “(...) as bandas se sentem menos motivadas em produzir material novo. Uma maior visibilidade pras bandas com certeza gera uma demanda maior de produções”, explica Natan.

Pensando em alimentar esse ciclo positivo, ele criou - em 2012 - o projeto Maringarock.com, uma rádio online totalmente dedicada às bandas locais. Desde então, foi testando formatos e projetos que ajudassem a dar visibilidade para as bandas locais e, no final de 2016, chegou à ideia de organizar uma coletânea. “Planejei algo pra ter um alcance grande e abranger boa parte da cena. Não teve critério de escolha das bandas, quem quis participar, participou. O convite foi aberto a todas. O único custo que as bandas tiveram foi o de comprar 10 unidades do DVD a preço de atacado (...) fiz para ajudar o DVD se tornar realidade e divulgar meu trabalho por tabela. Não imaginei que daria tanta banda!”.

Toda a produção - desde a captação, mixagem e masterização dos áudios, até a filmagem e edição - foi feita por ele em uma maratona de gravação que rolou durante o mês de novembro. E além de fortalecer aqueles que já estavam na ativa, o projeto acabou servindo de estímulo para bandas que nunca haviam lançado material, ou que andavam mais focados nos covers do que no próprio som. “Bandas que não estavam dando muita atenção pro autoral, se agilizaram pra fazer um som novo ou terminar algum som que já estava encaminhado. (...) Quando o pessoal sente que pode fazer parte de algo maior, é um grande incentivo e foi bem legal ver isso acontecer”, finaliza. 
 




Quem tiver interesse em fortalecer a cena, e de quebra conhecer o som de quase trinta bandas locais, as cópias físicas dos DVDs estão sendo vendidas por R$10 diretamente com as bandas, na loja Madame Skull e no CrowBar.



GOSTOU? AQUI TEM MAIS!